terça-feira, 24 de agosto de 2010

Entrevista com Ulisses Mattos

O editor da revista M.. Ulisses Mattos, no dia 18 de agosto, estava, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional lançando o livro Na_Kombi, junto com seu parceiro, que também é editor da revista M... Sílvio Lach


Ulisses Mattos

Explique um pouco sobre o conteúdo do livro.

O livro é uma coletânea de 500 frases do twitter que foram enviadas pra Kombi. Na verdade muita gente acha que são as 50 melhores frases, não, nós pegamos frases de alguns temas, mas sobraram varias frases e temas bons, o que viabiliza a idéia de um segundo livro.

Como foi o contato com a editora?

Eu conhecia o editor, mas a idéia de lançar o livro surgiu por que ele queria fazer alguma coisa relacionada a internet e queria um representante do twitter, e ele achava que o maior representante era a Kombi, então ganhou a gente nesse momento. Na verdade, eu e o Sílvio já tínhamos a idéia de lançar um livro, pela nossa editora, que publica a Revista M, mas com essa proposta da Barba Negra, não pudemos recusar e dizer que íamos fazer pela nossa própria editora. E acabou que ficou legal, não esperávamos que fosse ficar tão bom assim.

Como vocês estão acostumados a trabalhar com revista, existiu alguma dificuldade em fazer o livro?

Na verdade foi bem mais fácil, foi só entregar o material, a revista dá muito mais trabalho. E o livro foi mais fácil por que a editora correu atrás da parte gráfica.

Você acha que a Revista M só tem três edições até hoje por que ela não tem um bom publico?

Fazer revista sempre é um perigo por que o impresso está ficando para traz por causa da internet. Nós não fazemos uma revista de humor, fazemos uma revista com humor, comportamento e outras coisas. Nós estamos sempre lutando pra fazer uma nova edição, estamos tentando um novo numero pra este ano. Quando fazemos uma edição, é usando dinheiro do nosso bolso, ela é feita de forma independente. Os colaboradores também não recebem, eles fazem só pelo prestigio de estar escrevendo para uma revista bacana, por que eles podem escrever o que querem, com a gente não tem frescura.

Qual a sua opinião sobre a lei 9504/97, que proíbe que humoristas façam piada com os candidatos durante as campanhas eleitorais?

Ah, isso é ridículo. Nós não somos prejudicados por que na internet é possível fazer humor com esse tipo de coisa, mas ficamos tristes pelos nossos colegas que estão na televisão e não podem trabalhar direito por causa dessa lei.

Fora a Revista M, você tem algum outro projeto que quer divulgar?

Sim, eu sou jornalista, faço analise de mídias sociais para empresas, mas estou querendo focar mais no humor. E além dos projetos da M Corporation eu estou também como roteirista de duas series que vão estrear no Multishow, uma serie se chama Open Bar vai estrear dia 29 de agosto no Multishow, e uma outra que irá estrear lá pra outubro ou novembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário