quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

A luta de Anderson Silva vs Vitor Belfort

Aconteceu na madrugada de sábado para domingo, algo que muitos (inclua eu nesse muitos) estavam esperando ansiosamente. Aquilo que seria um espetáculo jamais visto na terra. Aquilo que faria o Brasil todo parar em frente a TV para assistir (na verdade o Brasil todo não, por que só passou na TV paga, então quem só tem TV aberta teve que se contentar com o Zorra Total, e depois dormir).
Esse evento tão aguardado, era a luta de Anderson “Spider” Silva contra Vitor “The Phenom” Belfort, no UFC 126.

Entretanto, o que era pra ser “A luta do século”, terminou sendo algo tão rápido que nem deu pra se emocionar direito. Quem comprou cerveja para beber assistindo com os amigos, se deu mal, por que certamente a luta acabou bem antes da cerveja (o que não é um problema, afinal ninguém precisa de luta nenhuma pra beber).
Claro que eu estava torcendo pro Anderson Silva por que acho ele simplesmente sensacional, o melhor de todos. Mas nessa luta não estava torceeeendo daquele jeito, estava só.. torcendo, normal. Qualquer um que ganhasse pra mim estava bom, afinal os dois são brasileiros, e o que importa pra mim é ver o Brasil vencendo sempre, seja lá no que for.


A expectativa foi criada por causa das provocações por parte de Anderson no dia da pesagem.
Na verdade tudo começou por que o Vitor falou que aquela pose de marrento do Spider era só uma mascara. Aí o Anderson, brincalhão como sempre, na hora da encarada para as fotos, vestiu uma mascara e encostou seu rosto no de Vitor de modo que provocou o seu adversário, depois trocaram alguns palavrões e ficou aquele climão tenso no ar.
Entretanto, o que parecia que ia ser uma batalha assustadora, foi algo rápido e meio “não empolgante”.
A luta foi basicamente isso: Ficaram cerca de um minuto se rodeando, aí o Vitor tentou bater no Anderson mas não conseguiu. Depois o Anderson tentou chutar a cabeça do Vitor, que segurou sua perna e o derrubou, mas o Aranha, ágil como sempre, rapidamente conseguiu se soltar. Foi quando mais ou menos na metade do primeiro round, Anderson deu um chute na cara do Vitor, de modo que ele não teve nem tempo pra pensar. Desmontou na hora, caiu, e acabou a luta.
No primeiro round... acabou....
Então, sendo assim acredito que esta não foi “a luta do século”. A luta do seculo continua sendo a da Mulher Samambaia contra a Bandida (essa só quem assiste panico tá ligado).
Mas enfim, eu poderia ficar reclamando mas não vou fazer isso. Na verdade fiquei feliz por que o Anderson é um ótimo lutador, então ele merece continuar com seu belo cinturão. E o Vitor, tudo bem ele perdeu, mas cara, além de também ser um grande lutador, ele é marido da feiticeira. Sinceramente, se eu fosse marido da feiticeira, eu estaria pouco me lixando pro cinturão.
Mas ainda assim, parabéns a todos os envolvidos, a luta foi sensacional. (kkkk que mentira, foi nada, mas tudo bem, parabéns mesmo assim).
_
Parabéns Anderson Silva, muito bonito seu cinturão (PS:sou seu fã)


Parabéns Vitor Belfort, muito bonita sua esposa (PS:Sou seu fã)


Me sigam no twitter @RafaelRocha_1
Um abraço e até meu próximo post

Nenhum comentário:

Postar um comentário