terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Não seja chato no Natal

Natal, essa data tão maravilhosa, tão simbólica, tão cheia de alegria. O Natal é uma data que só tem vantagens. Você (a não ser que seja um escravo) não precisa trabalhar, ganha presentes, come muita coisa boa, assiste o show do Roberto Carlos, enfim, é a melhor data do ano.
Mas, como em todos os lugares e ocasiões, sempre tem um chato pra estragar as comemorações. Então seguem algumas dicas de como você deve agir para não parecer um babaca nesse Natal e poder curtir como uma pessoa normal.

1 - Não faça amigo oculto
A primeira coisa que deve ser evitada é o amigo oculto. Não faz o menor sentido você dar um presente para alguém que você não gosta ou sente indiferença, e nada te impede de dar o azar de tirar essa pessoa no amigo oculto. E pior, você pode dar o azar maior ainda de dar um presente legal para alguém que você nem gosta, e receber um presente ruim de alguém que você gosta. Para evitar esse tipo de situação desagradável, não faça esse tipo de brincadeira. Dê presentes para quem você gosta, receba presentes de quem gosta de você. Fim.

2 - Não minta que odeia o Natal

Não seja idiota de ficar falando que odeia o Natal, porque é mentira, eu sei que você não odeia. Os mais babacões vão falar coisas como "ah, mas é todo ano a mesma coisa, árvore de Natal, Papai Noel, especial da Xuxa, aff". Amigo, você queria que mudasse o que ? Se é natal, claro que vai ter árvore de Natal e Papai Noel, se você está cansado, pode criar coisas novas para simbolizar a data. Já que você não gosta de coisas repetitivas, inventa algo novo aí, Senhor Inovação. E sobre o especial da Xuxa, você queria o que ? Que em pleno Natal a Globo exibisse um filme da Mônica Mattos ??? Faça-me o favor né meu amigo.
E pior, os maaais babacões ainda, falam coisas do tipo "odeio o Natal, fica aquela falsidade nas festas de família". Cara, se sua família não gosta de você eu não posso fazer nada. Talvez se você curtisse um pouco mais as festas com eles e não ficasse fazendo esse tipo de comentário idiota eles gostariam de você de verdade e não precisariam ser falsos.

3 - Não exagere na religiosidade

No ano passado saiu um post na finada Agência Danada (um dos melhores sites que já existiu nessa internet), escrito pelo Ibere (um dos perfis que mais vale a pena seguir no Twitter), que explicava mais a fundo, com  argumentos convincentes, o que eu quero dizer. 
A questão é que, tudo bem, eu sei que Natal é uma data religiosa, mas será que em vez de ficar enchendo o saco você não poderia simplesmente aproveitar a festa ? Todo mundo sabe que é pra comemorar o nascimento de Jesus, mas você não precisa ficar falando sobre isso o tempo todo para uma pessoa que não tá nem aí e só quer comer o pavê que sua vó fez (nem vou falar sobre a piada do pavê porque criticar essa piada já está mais manjado do que fazê-la). 
Se você é ateu pior ainda. É completamente ridículo ficar reclamando das pessoas estarem fazendo uma comemoração "baseada em uma crença cega". Cara, se você não consegue se divertir, pelo menos deixe os outros em paz. E se você falar que é uma data comercial, deixa quieto, nem precisa terminar de ler o post. (Uma pena a Agencia Danada não existir mais, senão eu linkava o post).

Enfim, não seja chato. Não faça brincadeira bobas, não reclame da decoração ou da televisão, não ache que é falsidade da sua família (por mais que seja difícil, essas pessoas conseguem gostar de você [pelo menos sua mãe eu garanto]), não fique falando sobre Jesus e religião o tempo todo (a não ser que todos que estejam no mesmo ambiente que você sejam muito religiosos), e não vem encher o saco com essa história de eu odeio o Natal. Se você odeia tanto assim, não aceite nada que é imposto por essa data comercial cara, feriado por causa de Jesus ? Que nada meu amigo, vamos trabalhar... Quer dizer,"vamos" não, vai você que é chato, eu vou ficar aqui comendo pavê e assistindo o especial da Xuxa sem reclamar. 


@RafaelRoochaa

2 comentários: