quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Carta aberta a Bruno Medina (é um cara do Los Hermanos)

(baseado nesta carta)
Prezado Bruno,
Feliz ano novo pra você. Espero que sua noite de reveillon tenha sido muito agradável; a minha com certeza foi, já que na festa em que estive, ouvi em looping canções como “Ai se eu te pego”, de Michel Teló; “Meteoro”, de Luan Santana; “Recomeçar”, do Restart. Enfim, diversas músicas que fazem sucesso atualmente e conquistam grande parte da população, ao contrário de bandas já ultrapassadas que fizeram seu sucesso há algum tempo, mas hoje estão mortas. Todos os que estavam presentes na festa fizeram questão de ouvir estas músicas e se divertir, uma vez que, ao meu ver, é para isso que a música serve, para entreter quem a escuta.
Obviamente que todos os presentes no local conheciam os grandes hits do verão, já que estes são muito tocados nas rádios e em programas de televisão; ao contrário de músicas bem elaboradas, composições com arranjos bem feitos e letras inteligentes, mas que, infelizmente, não conseguem fazer o principal, que é conquistar o público. Espero que tenha gostado também de ouvi-las, pois você, como músico que é, deve saber como é legal ver seu trabalho fazendo sucesso.
Eu não sou músico, mas me imaginei no lugar desses caras. Do Michel Teló, por exemplo. Ele devia estar muito feliz por saber que grande parte do Brasil estava ouvindo sua canção. Você, mais do que eu, deve saber como é essa sensação, pois, apesar de fazer bastante tempo, ainda deve se lembrar de quando sua banda fez um grande hit. Anna Júlia, era uma música muito boa. E na época em que foi lançada não havia nem youtube, e ainda assim conseguiu fazer sucesso !!! O que mostra que a música era boa mesmo... pena que estes tempos já se foram.
Mas, pelo menos você, assim como o Michel Teló, teve a oportunidade de ver a internacionalização de seu hit, com as regravações em espanhol, italiano e inglês, e até uma participação de um (ex) beatle... tudo bem, não foi o Paul McCartney, mas poxa, era um beatle. O menos lembrado? Sim, mas um beatle é sempre um beatle.
Bom, quero dizer que, particularmente não gosto de sua banda, assim como não gosto do Michel Teló. Ele, como você mesmo disse, será amado ou odiado daqui a dez anos. Você eu não amo nem odeio. Eu simplesmente não me lembrava. Antes de ver na internet esse seu maravilhoso texto, além de Anna Júlia, a única coisa que eu me lembrava sobre o Los Hermanos é que o Marcelo namora a Mallu Magalhães e apanhou do Chorão. Mas assim como você, espero que o Teló tenha uma sorte diferente e consiga ser lembrado por mais de uma música.
Bom, não pretendo fazer uma carta muito longa, então encerro desejando que a volta do Los Hermanos seja de grande sucesso. Sei como é ficar sem dinheiro, tem que pagar as contas, escola dos filhos, ir ao barbeiro semanalmente pra manter a barba bonitinha. Enfim, acho que tocando as músicas antigas os fãs que vocês deixaram, que conhecem a discografia inteira da banda, irão assistir aos shows. Claro que estes fãs não são tantos quanto os do Michel Teló, mas não se preocupe, muitas pessoas vão se lembrar que vocês eram “aquela banda que tocava Anna Julia”, e com certeza os shows irão estar lotados. Aí vocês vão ganhar bastante dinheiro.
Para terminar, um único pedido: pede pros seus companheiros de banda nunca mais falarem mal do Chorão. Ele é grande cara, perigoso mexer com um cara daquele tamanho.
um abraço,
Rafael Rocha